Como baixar livro de física 10ª classe em pdf?

Livro de física 10 classe em pdf



Como baixar o livro de física 10 classe?

Se você chegou ate aqui, nós temos a máxima certeza que necessita do livro de física da 10ª classe em pdf. E nós coletamos especificamente para ajudar aos estudantes e alunos do ensino em Moçambique.

Mas antes de poderes baixar o livro de física da 10 classe, vamos deixar bem claro a importância fundamental do livro de física.


O valor do livro de física

O livro do aluno, é um meio didáctico básico, pois quando usado de forma correcta e sistemática aumenta a aprendizagem do aluno e permite o desenvolvimento de conhecimentos, capacidades, habilidades, convicções e atitudes. Portanto, é um meio didáctico complexo que contém em si vários outros meios como: textos, gravuras, tabelas, etc.


Para ser livro do aluno deve apresentar conteúdos simplificados de acordo com a idade dos alunos, conter resumos da matéria em estudo e obedecer de certa medida o PE de cada classe. O professor que planifica sua aula usando manuais científicos torna os conteúdos mais simples de modo a adequa-los ao manual do aluno.


Baixar livro de física editora Escolar:


O livro de Física concebido para a 10ª classe, oferece aos alunos os elementos essenciais do quadro físico do mundo para que possam ser capazes de desenvolver a sua identidade como indivíduos criativos, sociais e possuidores de atitudes, hábitos, habilidades e conhecimentos úteis a si mesmo e à sociedade e para a continuação com os estudos.


Este livro aborda os conteúdos relacionados com os fenómenos mecânicos, térmicos, luminosos, eléctricos e electromagnéticos. A sua estruturação permite continuar a formação paulatina dos alunos, centrada na aquisição de elementos fundamentais do conhecimento e do desenvolvimento de habilidades e atitudes.


Na concepção da estrutura da disciplina, parte-se do ponto de vista macroscópico dos fenómenos do mundo circundante mais próximo dos alunos, portanto, mais acessível aos órgãos sensoriais, para depois tratar-se das noções elementares sobre a estrutura da substância, que servirá de base para analisar os fenómenos térmicos, os relacionados com a estática dos fluidos e os electromagnéticos a um nível microscópico.


A lógica que segue o ordenamento do sistema de conhecimentos baseia-se na análise de um fenómeno que, do geral, passa-se para a caracterização qualitativa deste, seguindo-se a determinação quantitativa do mesmo (o valor e as suas unidades) e por último, a lei fenomenológica que relaciona as grandezas físicas.


Em consequência, como métodos de ensino prevalecem o indutivo, dedutivo e de analogias, apoiados numa forte base experimental, de tal modo que se reduz o volume de informação teórica secundária em muitos dos conteúdos tratados.


 Pretende-se fortalecer o trabalho com os conceitos fundamentais e incrementar o tempo para o desenvolvimento de habilidades, tanto intelectuais como práticas, que permitam aos alunos participar activamente e com certo grau de independência na aquisição de conhecimentos, assim como serem capazes de utilizá-los na explicação dos fenómenos que os rodeiam.


O trabalho com gráficos (sua leitura, interpretação e construção), e a resolução de problemas (com o uso obrigatório do Sistema Internacional de Unidades, sendo possível o uso das unidades derivadas) e o desenvolvimento de actividades práticas e experimentais constitui aspectos essenciais no desenvolvimento dos programas, pois contribuem no desenvolvimento e consolidação das competências definidas para o ciclo.


Com a inclusão de alguns elementos de enfoque histórico nos programas pretende-se, em particular, que os alunos conheçam aspectos da vida, obra, actividade e pontos de vista de eminentes cientistas e desenvolvam valores morais adequados.


Devem também formar parte importante dos conteúdos da disciplina no ciclo e, portanto, constituir objecto específico de aprendizagem, as implicações da Física para outras ciências assim como a sua relação com as mesmas (tais como, a Matemática, Química, Geografia, etc.), seu vínculo com a tecnologia, à sociedade e em geral com a cultura integral. 


PARA BAIXAR/VISUALIZAR EM PDF



Baixar livro da 10ª classe física




O Ensino da Física na 10ª classe

A 10ª classe constitui a última classe do 1º ciclo. Assim sendo, é fundamental que o aluno adquira uma visão geral da estrutura da Física. É também importante que se crie no aluno a base para o seu ingresso na vida laboral assim como para a continuação dos estudos nos níveis subsequentes.
Nesta classe serão abordados conteúdos relacionados com a corrente eléctrica, magnetismo, electromagnetismo, oscilações e ondas mecânicas e movimento rectilíneo uniformemente variado. Estes conteúdos serão abordados em 72 aulas, nas quais se incluem aulas de actividades experimentais, resolução de exercícios e avaliações.

 No estudo da corrente eléctrica, na unidade 1, o enfoque é dado noções de corrente eléctrica, resistência, intensidade da corrente, tensão e potência de uma corrente eléctrica, assim como à aplicação das Leis de Ohm e Joule-Lenz, em situações concretas.



 Nesta unidade, dá-se especial atenção ao uso dos instrumentos de medição tais como o amperímetro e o voltímetro para avaliar as características da corrente eléctrica nos circuitos eléctricos.

Na unidade 2 introduz-se pela primeira vez o estudo dos movimentos periódicos – as oscilações e ondas mecânicas.

 Por isso, é importante que o aluno adquira uma visão simples da ligação entre as oscilações e ondas, suas características e propriedades, enfatizando a interpretação gráfica.

Na unidade 3, relativamente ao electromagnetismo, destaca-se a noção do campo magnético e sua origem. Esta noção é adquirida com base na experiência de Oersted e sua aplicação no funcionamento de vários aparelhos.

 Na unidade 4 que se refere ao movimento rectilíneo uniformemente variado o aluno adquire conhecimentos muito vinculados à sua vida diária, nomeadamente o movimento das pessoas, dos carros, etc. O conhecimento da proporcionalidade directa e inversa e a dedução de fórmulas, constituem o grande elo de ligação entre a Matemática e a Física em todas as unidades temáticas da classe.

A análise gráfica de duas grandezas físicas é fundamental na corrente eléctrica contínua e alternada assim como nas oscilações e ondas mecânicas.
O tratamento das noções de carga eléctrica, electrização dos corpos e corrente eléctrica, exige do aluno as noções da estrutura atómica dos elementos químicos aprendidos na Química.
Os fenómenos magnéticos e eléctricos estão na origem do campo magnético terrestre e dos relâmpagos nos dias de mau tempo. Por isso, é importante estabelecer a ligação com a disciplina de Geografia.



Os fenómenos elétricos, mecânicos, magnéticos e eletromagnéticos têm uma grande aplicação no dia-a-dia da vida dos alunos.

 Constituem exemplos:
- Iluminação eléctrica.
 - Fontes de corrente eléctrica.
 - Circuitos eléctricos nas casas, aparelhos electrodomésticos, etc.
- Motores eléctricos.
- Relógios de pêndulo.

 - Transformador. Sugere-se aos professores a abordagem dos conteúdos a partir de situações problemáticas, que podem ser criadas através de experiências simples ou a partir dos conhecimentos empíricos do aluno.

 Este é o último ano do ciclo em que o aluno tem contacto com a Física, por isso é importante continuar motivando o aluno através de:

Aulas experimentais, para aumentar a destreza e a habilidade dos mesmos no trabalho prático, - círculos de interesse, para tornar o processo de aprendizagem do aluno mais independente e criativo; - visita a indústrias, fábricas, instituições, por forma a prepará-los para o trabalho no futuro.


 Objectivos da disciplina na 10ª classe

A disciplina de Física na 10ª classe está dirigida a:

 Contribuir na formação da concepção científica do mundo mediante o tratamento do material didático, em particular sobre a base da relação causa
– Efeito existente entre todo o processo e fenómeno e da relação entre a teoria e a prática no estudo dos fenómenos.
 Formar um sistema de conhecimentos físicos e desenvolver habilidades que preparam o aluno para que seja capaz de:

- Explicar e interpretar os fenómenos eléctricos, magnéticos e mecânicos, mediante a caracterização das suas qualidades externas e a precisão das condições em que ocorrem.
-Descrever e desenvolver as experiências fundamentais que evidenciem a manifestação dos fenómenos eléctricos, magnéticos e mecânicos.

 - Interpretar, em situações concretas: a Lei Qualitativa das Interacções Eléctricas, a Lei de Ohm, e a Lei de Joule-Lenz.
 - Realizar experiências, seleccionando adequadamente os instrumentos de medição correspondentes, suas escalas e unidades.

• Construir e interpretar gráficos da dependência entre grandezas físicas como:
- Deslocamento em função do tempo no Movimento Harmónico Simples (M.H.S.)

- Deslocamento em função do tempo para oscilações amortecidas. - Interpretar o gráfico da onda.

• Resolver problemas qualitativos e quantitativos até ao nível de reprodução com variante nas quais não intervenham mais de duas grandezas, incluindo a dedução de qualquer das grandezas que intervêm na fórmula relacionados com:

 - Campo eléctrico criado por uma carga pontual num ponto dado.

 - Lei de Ohm. - Associação de resistências (em série e em paralelo).

- Lei de Joule-Lenz. - Características das oscilações e ondas mecânicas.
 - Equações de Thompson.

 Exemplificar os fundamentos de alguns processos tecnológicos de carácter geral e importante para o nosso desenvolvimento económico, em particular os relacionados com os fenómenos eléctricos, magnéticos e mecânicos.

Publicar um comentário

0 Comentários