Artigos

Matemática para a formação de professores

Introdução à
metodologia do ensino da Matemática


Breve introducao:

O presente artigo de Didática da Matemática para a formação
de professores do Ensino Primário, contempla a introdução a metodologia de
ensino da matemática, onde vamos dar a definição do conceito matemática, importância
da matemática no nosso di-a-dia e os objectivos do ensino da matemática.

 metodologia de ensino de matematica

Conceito matemática:

Matemática é o nome genérico do latim Matemática, com origem
num vocábulo grego que, traduzido, significa “conhecimento”.
 A Matemática é a
ciência dedutiva que se dedica ao estudo dos números, símbolos, figuras
geométricas e propriedades das entidades abstractas, não quantitativas e das
suas relações.
No quotidiano recorreremos à Matemática, mesmo de forma
inconsciente. Por exemplo, quando vamos ao mercado e compramos um quilo de
cebola, o vendedor diz-nos o preço e fazemos imediatamente um cálculo básico
para saber com que nota pagar e quanto iremos receber de troco.
O vínculo com esta ciência pode ser evidente, como no caso da
engenharia, ou menos evidente, como na medicina ou na música. Esta ciência
organiza-se em diferentes áreas de estudo:
 – Aritmética (o estudo
dos números); – Geometria (o estudo dos segmentos e das figuras);
 – Álgebra (o estudo
das estruturas); – Estatística (a análise de dados recolhidos), entre outras.
Segundo D´Ambrósio (1990:16-19) “as razões do estudo da Matemática em todos os
currículos escolares circunscrevem-se em:
 Ter valor utilitário,
valor cultural, valor formativo, valor sociológico e valor estético. Nesta
unidade temática, serão abordados, além dos objectivos da disciplina, assuntos
que o ajudarão a perceber que a Matemática não é tão diferente das disciplinas
dos currículos escolares e pode ser entendida de igual forma por todas as
crianças”.
👀Só para recordar: Matemática é o nome genérico do latim
Matemática, com origem num vocábulo grego que, traduzido, significa
“conhecimento”.
O vínculo com esta ciência pode ser evidente, como no caso da
engenharia, ou menos evidente, como na medicina ou na música
Objetivos do ensino da Matemática

A Matemática desempenha um papel
decisivo na resolução de problemas da vida diária. É um instrumento poderoso
para o conhecimento do mundo, domínio da natureza, construção de conhecimentos
em outras áreas curriculares. Favorece também a formação de capacidades
intelectuais, a estruturação do pensamento e a agilização do raciocínio do
aluno.
Ao terminar o Ensino Básico,
pretende-se que o graduado tenha conhecimentos básicos da Matemática e seja
capaz de aplicá-los na resolução de problemas do quotidiano. Assim, como
objectivos gerais,

O professor deve:

 • Compreender os conceitos de número,
medidas, espaço, lógica e relações;

• Ter a capacidade de aplicar uma variedade de processos,
tais como comparação, classificação, resolução de problemas, abstracção e
generalização;

 • Ter capacidade de
aplicar os processos matemáticos, através de esforço individual ou cooperativo,
na solução de questões rotineiras e de problemas pouco comuns, quer do ponto de
vista teórico, quer por via de aplicação no quotidiano;
• Ser capaz de pensar e julgar independentemente, formular
hipóteses aceitáveis e reflectir criticamente na sua qualidade e validade;
• Compreender, interpretar, ler, falar e escrever em
linguagem matemática;
 • Dominar o cálculo
mental, métodos rigorosos e de aproximação de cálculo;
• Ser capaz de apreciar e compreender o lugar da Matemática
no mundo e da sua larga aplicação noutras disciplinas;
• Ter interesse e perseverança na procura de soluções em
situações problemáticas;
• Ter interesse e atitude positiva em relação à Matemática.

Conclusão:

Apos uma breve introdução sobre à metodologia do ensino da
Matemática conclui-se que:
A Matemática é a ciência dedutiva que se dedica ao estudo dos
números, símbolos, figuras geométricas e propriedades das entidades abstractas,
não quantitativas e das suas relações.

 No quotidiano
recorreremos à Matemática, mesmo de forma inconsciente. Por exemplo, quando
vamos ao mercado e compramos um quilo de cebola, o vendedor diz-nos o preço e
fazemos imediatamente um cálculo básico para saber com que nota pagar e quanto
iremos receber de troco.

gostou deste artigo? deixa um like na nossa página do facebook

Referência
bibliográfica:
Muchanga, Carlos Eugénio, Simone, Helena Arnaldo, Leitão,
Jonasse Luís (MINEDH)

Leave a Response

error: Content is protected !!